quarta-feira, 21 de abril de 2010

Um vazio a ser preenchido

Josivaldo de França Pereira


O que leva uma pessoa famosa, rica e bonita a se envolver com álcool e drogas? Um psicólogo diria que isso está ligado à mente; o sociólogo falaria em influência do meio; a filosofia levantaria algumas indagações, enfim, eu poderia me prolongar aqui citando a opinião de diversas ciências e dos profissionais das várias áreas do saber. É melhor poupá-lo desse enfado. A resposta que talvez não interessa a muitos, mas que é única e verdadeira, é que falta Jesus no coração das pessoas. Muitos dos que tentam se recuperar do vício, e não conseguem, dizem que já tentaram de tudo, porém, ainda não experimentaram Jesus Cristo de fato e de verdade. Jesus disse: “Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (Jo 8.36). Na época em que eu ia ao Desafio Jovem de Santo André para compartilhar do amor de Cristo por eles, eu costumava lhes dizer, com toda a reverência, que Jesus é a única “droga” que realmente podia salvá-los. E salvava mesmo! A medicação deles era Jesus de manhã, tarde e noite.
O que precisa ficar claro no mundo em que vivemos, é que a espiritualidade não se impressiona com a riqueza, fama e beleza que a sociedade e a mídia tanto valorizam. Numa entrevista a um ator famoso da TV brasileira, a repórter indagava justamente sobre isso. Como um ator bonito, inteligente, rico e querido por todos se envolve com drogas? Sua resposta foi que “para o nosso espírito as coisas materiais não importam”, justamente porque as coisas exteriores não preenchem o vazio da alma. Alegria, paz e vida de verdade só Jesus pode dar (Jo 10.10; 14.27; 15.11). A satisfação da carne sacrifica o espírito. Quando se alimenta o pecado, desnutre-se a alma. Crendo ou não em Deus ninguém vive de fato sem ele. Conforme disse o apóstolo Paulo em Atenas, numa citação aos poetas gregos: “nele vivemos, nos movemos e existimos” (At 17.28).
Comentando o texto de Eclesiastes 3.11, que afirma ter Deus colocado a eternidade no coração do homem, Miguel Rizzo destacou: “Por que será que colocou Deus a aspiração do infinito na alma humana? Naturalmente para que o homem não se degrade, levado por instintos que podem prendê-lo apenas à materialidade das coisas que passam”. Em seu livro “Religião”, Miguel Rizzo acrescenta exemplos curiosos da eternidade divina na alma humana: Indígenas colocavam junto aos mortos as armas que estes haviam usado em vida, na certeza de que lhes seriam úteis nas lutas do além. Os groelandeses enterravam junto às crianças um cão para guiá-las através do bosque sombrio que supunham existir nos limites da outra vida. Os egípcios punham à disposição do morto, na sua tumba, um esboço de uma das regiões do além. Os gauleses ‘emprestavam’ dinheiro aos defuntos na expectativa de reavê-lo na outra vida. Os gregos colocavam, na boca dos cadáveres, uma moeda de prata, a fim de pagarem a passagem pela travessia de um rio que, segundo se cria, limitava os dois mundos.
A necessidade de re-ligações com o divino é um dos fenômenos mais notáveis da vida humana. Os missionários testemunham a presença religiosa, de uma maneira ou de outra, entre todas as nações e tribos da terra. O ser humano tem sido descrito como “incuravelmente religioso”. Isso é apenas outro modo de dizer que a espiritualidade é um fenômeno universal. Toda tentativa para extirpar a religiosidade do coração humano tem sido inútil. “O homem continua religioso e a fé, quando aponta realmente para o ideal divino, é que o liberta”. Apesar da entrada do pecado no mundo, ainda existe muito de Deus no ser humano. O homem e a mulher foram criados à imagem e semelhança do Senhor. Essa imagem foi maculada pelo pecado, mas não anulada. Por isso, a alma do ser humano reclama pelo religare, a re-ligação humana com sua origem divina.
Existem vazios que só Deus preenche, e graças ao bom Deus existem recursos para satisfazer os anseios da alma. Onde? Na redenção que há em Cristo Jesus.

2 comentários:

  1. Paz,

    Parabéns, pelo seu trabalho neste blog. Que Deus em Cristo Jesus continue lhe abençoando poderosamente.

    Estou seguindo o vosso blog.

    Aproveito pra lhe convidar a visitar meu blog também. Avivamento pela Palavra é um blog voltado aos amantes da Bíblia sagrada como Verdade Absoluta e que só através Dela seremos mais crentes e mais cheios do Espirito Santo. Comente, pois seus comentários são muito importante para mim poder estar sempre em melhorias no meu blog.

    http://www.alexandrepitante.blogspot.com/

    Siga-nos também.

    Fica com Deus.
    Um abraço, Alexandre Pitante.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo apreço meu querido e amado irmão.

    ResponderExcluir