segunda-feira, 21 de junho de 2010

Panorama do ministério do Espírito Santo em Atos

Josivaldo de França Pereira

Prometido por Jesus antes de sua ascensão, derramado no dia de Pentecostes, prometido a todas as pessoas e dado como dom a todos os que iam sendo salvos e batizados, o Espírito Santo está presente em toda parte do livro de Atos. Em linhas gerais, podemos dizer que o Espírito Santo atuou em Atos quando:
•Desceu sobre o povo de Deus no dia de Pentecostes (2.1-3);
•Os crentes foram enchidos por ele e passaram a falar em outras línguas (2.4,11; 10.46; 19.6);
•A igreja cresceu de 3000 para 5000 convertidos (2.41; 4.4);
•Pedro e os outros discípulos testemunharam ousadamente diante da perseguição (3.11-26);
•Os crentes ficaram cheios de poder quando oravam juntos após a prisão de Pedro e João (4.31);
•Os primeiros seguidores venceram o egoísmo e contribuíram liberalmente para a obra do Senhor (4.32-37);
•Estêvão, o primeiro mártir, pregou o evangelho cheio de fé e morreu com uma vitória gloriosa sobre a perseguição e vingança (6.8-7.60);
•Desceu sobre os samaritanos, indicando que a parede de separação entre judeus e samaritanos cristãos estava sendo definitivamente removida (8.14-17);
•A mensagem de perdão espalhou-se pela Etiópia e África (8.27-29);
•As igrejas na Judéia, Galiléia e Samaria vieram a se estabelecer firmemente (9.31);
•O evangelho da salvação alcançou o primeiro lar gentio (11.12);
•A maravilhosa igreja missionária de Antioquia começou a prosperar em preparação para seu envio de missionários (11.22-26);
•O amor mútuo das primeiras comunidades cristãs manifestou-se através da coleta incentivada pela profecia de Ágabo (11.28,29);
•A igreja de Antioquia lançou seu programa missionário (13.2);
•Paulo venceu seu primeiro inimigo, Elimas, em Chipre (13.9);
•Os apóstolos se alegraram com a perseguição sofrida em Antioquia da Pisídia (13.50-52);
•Os apóstolos reconheceram a obra entre os gentios e pronunciaram a liberdade da lei para os cristãos gentios (15.28);
•Paulo e seus companheiros foram impedidos de continuar na Ásia, sendo dirigidos à Europa (16.6-10);
•Desceu sobre os discípulos de João Batista em Éfeso (19.1-7);
•Os líderes foram escolhidos para tomar conta da igreja local em Éfeso (20.28);
•Ágabo profetizou a prisão de Paulo (21.10-11);
•Foi lembrado na última mensagem de Paulo registrada por Lucas (28.25).

4 comentários:

  1. Olá! Pr. Josivaldo, Graça e Paz...

    Parabéns, Amado, mais um maravilho trabalho, principalmente este, sobre a obra do Espírito Santo. Deus continue iluminando o teu coração.
    Sou seguidor do seu blog, ficaria muito honrado se o senhor conhece-se o meu trabalho, e colocasse o seu nome no meu Link. Certamente seremos bons amigos.

    Deus abençoe ricamente a sua vida e seu ministério.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado querido Presbítero Fabio pelo carinho e apreço. Será um prazer tê-lo como amigo.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo seu blog mas um na blog esfera evangelica para propagar as verdades biblicas e a mensagem da SALVAÇÃO EM CRISTO!
    Paz!

    ResponderExcluir
  4. Obrigado amado irmão. Sigamos juntos a mesma missão!

    ResponderExcluir