domingo, 24 de abril de 2011

O jovem desnudo de Marcos 14.51,52

Josivaldo de França Pereira

“Seguia-o um jovem, coberto unicamente com um lençol, e lançaram-lhe a mão. Mas ele, largando o lençol, fugiu desnudo”
Quem é o jovem que estranhamente aparece em Marcos 14.51,52? Embora não possamos afirmar com toda a certeza, há um forte indício de que seja o próprio autor do Livro, o evangelista João Marcos.[1] O episódio ocorre somente em Marcos, sem qualquer importância para Mateus, Lucas e João.
O ocorrido seria aparentemente sem significado para o próprio Marcos se não fizesse sentido para ele. Considerando que o livro de Marcos foi o primeiro dos quatro evangelhos a serem escritos, e que Mateus, Lucas e João tiveram acesso a ele, só reforça a afirmação de que o relato da noite de Marcos 14.51,52 era significativo para o autor do Segundo Evangelho, como se fosse a assinatura de um artista no canto da tela.
Champlin diz que a ideia de identificar o evangelista Marcos com o jovem desnudo ignora a declaração feita por Papias de que Marcos não era testemunha ocular dos fatos e, “... nem ouvira ao Senhor e nem o seguira...”, mas que registrara as memórias de Pedro.[2] Contudo, nada indica no texto de Marcos 14.51,52 que o evangelista (considerando que era ele mesmo o jovem desnudo) ouvira o Senhor ou o seguia como um “discípulo” no sentido comum do termo.
O fato de o jovem desnudo estar envolto num lençol, sugere que ele seguiu a Jesus mais pela curiosidade do que pela devoção? Não sabemos ao certo. Champlin declara: “Mas pelo menos é significativo que esse jovem seguiu a Jesus, ao passo que os próprios doze apóstolos fugiram”.[3] No entanto, o texto diz que quando “lançaram-lhe a mão”, o jovem largou o lençol e “fugiu desnudo”. É como se Marcos também se incluísse no verso 50: “Então, deixando-o, todos fugiram”.
Talvez o jovem estivesse dormindo quando soube do que estava para acontecer com Jesus. Só teve tempo de se cobrir com um lençol e ir atrás dele. Hendriksen descreve como uma das cenas poderia ter ocorrido:
“É também possível que o jovem tivesse sido despertado de seu sono – supondo que dormia! – um pouco depois [da partida de Jesus e os onze do cenáculo]. A situação pode ter acontecido como segue: Judas e sua tropa chegaram à casa de Marcos, pensando que Jesus estivesse ali. A comoção causada pela frustração deles desperta Marcos. Envolto ligeiramente com um lençol, pressentindo o que acontece, corre para fora [do quarto] a fim de prevenir a Jesus, mas ele já tinha partido. Chega ao Getsêmani no exato momento em que os onze fogem e Jesus é levado. Ao seguir a Jesus, ocorre este intento de captura”.[4]


[1] Este ponto de vista é sustentado pela maioria dos comentaristas. Guillermo Hendriksen (In: Comentario del Nuevo Testamento: El Evangelio Según San Marcos. Grand Rapids: SLC, 1897, p. 609-10. Nota 749) apresenta uma lista dos principais defensores e opositores de Marcos como sendo o jovem desnudo. Veja os argumentos de Hendriksen em defesa de Marcos como o jovem desnudo nas páginas 608-611 de sua obra.
[2] R. N. Champlin, O Novo Testamento interpretado versículo por versículo. Vol. 1. São Paulo: Hagnos, 2002, p. 786.
[3] Idem, p. 787.
[4] Hendriksen, op. cit., p. 611. Veja também as páginas 11 e 12.

13 comentários:

  1. Passei pesquisando e gostei muito, estava procurando algo para um estudo que estou colocando no CLUBE DA TEOLOGIA, adorei o teu comentário: "como se fosse a assinatura de um artista no canto da tela." rsrs, muito bom.

    Marcos André – Professor
    CLUBE DA TEOLOGIA
    http://marcosandreclubdateologia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Marcos Andre - Professor, fico feliz em poder ajudá-lo. Deus o abençoe.
    Pr. Josivaldo.

    ResponderExcluir
  3. Acredito que este jovem era enfermo (Lepra) por isso do lençol , ele procurava a cura através de jesus.

    ResponderExcluir
  4. Caríssimo Toquereal, essa seria mais uma hipótese, uma vez que o texto não nos dá base segura para afirmarmos com certeza uma ou outra coisa. Forte abraço.

    ResponderExcluir
  5. Marcos 14.15,52: eis ai uma incognita, quem seria este Jovem nú, envolto em um lençol?

    ResponderExcluir
  6. marcos, 14.51,52: eis ai uma incognita, quem seria este jovem nú, envolto em um lençol?

    ResponderExcluir
  7. Eu tambem estou a procura de respostas, sobre quem seria este Jovem em Marcos 14. 51, 52! Li varios comentarios ai, mas nem um me deu convicção! Acho que precisamos de algo mais concreto. Abraço

    ResponderExcluir
  8. Simão Pedro.
    Meu pensamento oque se encontra em Jo.21.7

    ResponderExcluir
  9. na minha opinião interessa, pouco quem seria pois se a palavra nos omite esse fato, não seria mais logico que observassemos a situacão, como licão
    o fato de estar só de lençol, não. Nos mostra um certo despreparo para o momento já pré dito por Jesus? Podemos inclusive compará lo a parábola. Das dez virgens, ele também foi pego desprevenido, o senhor nos orientou orai e vigiai. Pois não sabemos o dia, a hora e nem o segundo dos acontecimentos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! o fato é, o jovem o seguia, isto relata aparência de muitos seguidores.... estão cobertos aparentimente mas interiormente estão nú...são seguidores que apenas acompanha, e não são discípulos de verdade. jo 8,31 e ap 16,15......

      Excluir
  10. O jovem em seu estado que se encontrava mostra a falta de preparação.

    ResponderExcluir
  11. Muito bom sobre a assinatura no canto da tela... mas há muitas lacunas...
    Tenho um blog de estudos também: www.alfaeomega13.blogspot.com

    ResponderExcluir