domingo, 1 de maio de 2011

"Até aos confins da terra"

Josivaldo de França Pereira



O tema desta mensagem é parte integrante da ordem de Jesus em Atos 1.8: "Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda Judéia e Samaria, e até aos confins da terra".

O planeta terra é o limite de nossa evangelização. A nossa missão aqui só terminará quando chegar aos confins da terra (cf. Mt 24.14). Mas o que são e onde estão os confins da terra? Segundo um dos mais completos dicionários da língua portuguesa, Caldas Aulete, confins significam "os lugares mais remotos". Convém lembrar que o conceito de confins da terra da maioria das pessoas nos tempos bíblicos não era o mesmo conceito de Jesus e do Espírito Santo. A concepção geográfica dos cristãos primitivos era limitada. Paulo, por exemplo, mostrou-se desejoso de ir à Espanha (Rm 15.24,28), naturalmente porque entendia que ali fossem os confins do extremo ocidental da terra.

Em se tratando de evangelização, devemos entender esses lugares mais remotos não somente como nações, no sentido político-geográfico do termo, pois em Atos 1.8 "terra" é mais que universalidade concebida de forma geográfica. É geografia sim, mas também é etnia. A missão da igreja contemporânea é a missão para todos os povos; missão transcultural que envolve, por exemplo, os índios não alcançados do Brasil.

Cerca de cem tribos brasileiras ainda não possuem presença evangélica. Elas estão na região do Mato Grosso, Rondônia e Amazonas. Lembremos ainda dos povos que estão na chamada "Janela 10x40" (expressão usada para indicar as linhas imaginárias entre o paralelo de 10 graus e 40 graus ao norte, acima da linha do Equador, cobrindo a área que se estende da África Ocidental, passando pela Ásia até o Japão). É nessa área que vivem 95% dos povos não alcançados do mundo. São 37 países de maioria muçulmana, hindu e budista. Juntos totalizam mais de dois bilhões de habitantes que jamais ouviram falar do evangelho.

E o que você e eu podemos fazer? Simplesmente obedecer a ordem de Cristo de ir por todo mundo e pregar o evangelho até aos confins da terra. É verdade que nem todos os salvos são chamados por Deus para sair de sua terra, de sua parentela e ir a um lugar desconhecido como missionário. Porém, todos aqueles que são salvos em Cristo foram comissionados a serem missionários onde estão. Além disso, somos responsáveis pelo bem-estar espiritual e financeiro daqueles que foram em nosso lugar.

Oswald Smith dizia: “Deves ir ou enviar um substituto”. Portanto, ore, entre em contato e contribua financeiramente com um missionário que está nos confins da terra.

2 comentários: