quinta-feira, 2 de junho de 2011

Não entendo...


Josivaldo de França Pereira


·  Não entendo como todas as coisas possam cooperar para o bem dos que amam a Deus.
·  Não entendo porque a vida é tão complacente com alguns e implacável com outros.
·    Não entendo a ironia da vida.
·    Não entendo porque o justo padece e o ímpio se dá bem.
·    Não entendo porque os maus triunfam sobre os bons.
·    Não entendo como Deus, sendo santo, se utiliza do mal.
·    Não entendo porque a tragédia sobrevém às pessoas de bom coração.
·    Não entendo a falta de amor nas igrejas.
·    Não entendo porque pastores, que falam de amor e perdão, não são misericordiosos.
·    Não entendo porque muitos que amam a Deus sofrem tanto.
·    Não entendo porque Deus permite que crianças sejam mortas por um psicopata.
·    Não entendo porque o Todo-poderoso e soberano Deus não impede as tragédias.
·  Não entendo muitas coisas, mas uma coisa eu sei: “O SENHOR é bom, é fortaleza no dia da angústia e conhece os que nele se refugiam” (Naum 1.7).

Nenhum comentário:

Postar um comentário